O negócio – e não o tamanho da empresa – deve definir a infraestrutura de armazenamento.

A classificação de arquiteturas de armazenamento pelo tamanho do cliente não é mais válida no ambiente de negócios atual.


Tradicionalmente, o armazenamento tem sido definido como sendo de médio porte (midrange) ou de enterprise, com base no pressuposto de pequenas e médias empresas não precisam do mesmo desempenho e disponibilidade que organizações maiores.


Consequentemente, o armazenamento de médio porte poderia ser construído a partir de uma arquitetura mais simples e barata, de controlador duplo, na qual um controlador dá suporte ao outro de um modo ativo/passivo. Em outras palavras, os dados armazenados em um cache de controlador seriam copiados no outro cache de controlador, de modo que, se o controlador primário falhasse, os dados em seu cache estariam protegidos e as operações poderiam continuar por meio do outro controlador. Isso garantiria não haver perda de dados, mas poderia vir a impactar o desempenho, já que o controlador sobrevivente teria que dar suporte a toda a carga de trabalho. Também existe o perigo de perda de dados se o controlador sobrevivente tiver sofrido uma falha, de modo que na maioria dos casos algum tempo de inatividade é programado para restaurar as operações dos controladores duplos. As matrizes de armazenamento de controladores duplos são boas se você tiver condições de programar o tempo de inatividade.


As matrizes de armazenamento de entreprise eliminam a necessidade de programar tempos de inatividade, utilizando 8 ou mais controladores que podem compartilhar um cache global protegido contra gravações. Uma engenharia maior é necessária para este tipo de arquitetura, para proporcionar uma conectividade compartilhada e um mapeamento do cache para os diferentes processadores de portas. Os controladores adicionais possibilitam uma taxa de transferência maior e maior capacidade de dimensionamento e disponibilidade do que as matrizes de armazenamento de controladores duplos, mas eles são mais caros. Os controladores adicionais nesses tipos de matrizes também as tornam capazes de proporcionar mais funções como a replicação sem impacto sobre o desempenho de I/O.


A classificação de arquiteturas de armazenamento pelo tamanho do cliente não é mais válida no ambiente de negócios atual, em um mundo que está sempre conectado e há atividade ininterrupta. Ainda que os clientes menores possam não precisar da mesma produtividade e capacidade de dimensionamento, o fato é que eles precisam da mesma disponibilidade de armazenamento que os clientes de enterprise.


Da mesma forma, não é mais verdade que grandes empresas precisem de uma solução enterprise para todas as suas necessidades de armazenamento. Os clientes de enterprise gostariam de poder armazenar a maior parte de seus dados menos ativos em matrizes de armazenamento mais baratas para reduzir os seus custos. Ambos tipos de clientes necessitam de alta disponibilidade e armazenamento rico em recursos, bem como de alta capacidade e custo menor.


A diferença entre os clientes de médio porte e os de enterprise é apenas uma questão de produtividade, escala e orçamento. São os requisitos do negócio e não o tamanho do cliente que devem definir a infraestrutura de armazenamento. A classificação de matrizes de armazenamento como midrange ou enterprise não é mais um modo válido de definir necessidades de armazenamento. Os requisitos do negócio devem definir a infraestrutura de armazenamento sem relação alguma com o tamanho do negócio.


O armazenamento não deve mais ser classificado como de médio porte (midrange) ou de enterprise. Ambos tipos de clientes têm os mesmos requisitos de negócios para tipos diferentes de armazenamento. As diferenças estão, principalmente, no custo, na capacidade de dimensionamento e no valor que a empresa dá aos dados.


*Artigo originalmente publicado por Hu Yoshida no portal CIO.

*Crédito da imagem: Wix.

#armazenamento #infraestrutura #investimentos #gestão #custos #estratégia #metodologia #métricas #segurançadainformação

Posts em destaque
Posts recentes
Pesquisa por tags
Nenhum tag.
Compartilhe
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • LinkedIn App Icon

+ 55 41 3512-5825

  • c-facebook
  • c-twitter
  • c-linkedin