Um novo executivo deve surgir em 2014: o CFTO.

A necessidade de o CFO estar mais atento à tecnologia incentivará a contratação do Chief Financial Technology Officers, de acordo com duas associações britânicas.


O aumento da dependência das empresas de modernas tecnologias de informação e comunicação pode levar ao surgimento de um novo tipo de executivo, de acordo com duas influentes associações britânicas de contabilidade, a Association of Chartered Certified Accountants (ACCA) e a Institute of Management Accountants (IMA). Seria o “Chief Financial Technology Officer” ou CFTO.


A medida em que os conselhos de administração precisem estar mais conscientes sobre a convergência digital – e esta reforce o seu papel como elemento central dos modelos de negócios – mais CFOs podem passar a responder também pela estratégia de tecnologia, de acordo com opiniões recolhidas pelas duas entidades. Segundo Helen Brand, diretora executiva da ACCA, estudos recentes da associação “apontam para um maior envolvimento tecnológico dos CFO em todo o mundo”.


Cibersegurança, cloud computing, realidade virtual e aumentada, a prestação de serviços digitais e até mesmo a inteligência artificial e a robótica estão cada vez mais presentes na estratégia de negócios, acrescenta Brand. A participação “no fenômeno Big Data e as tendências da tecnologia são fundamentais para o crescimento dos negócios e do lucro”. Conforme os CFOs assumem uma visão mais estratégica e global, com enfoque no negócio, a tecnologia ganha mais espaço entre as suas esferas de competência.


“Quem teria pensado, há 10 anos, que estas tendências se tornariam parte do papel CFO? Podemos ver o surgimento e ascensão do CFTO como um assento regular no conselho”, acrescentou Brand.


Estudos publicados pelas duas associações observaram também o desenvolvimento de uma espécie de “darwinismo digital”, com os CIOs e os CTOs também cada vez mais atentos aos negócios – enquanto os CFOs se tornam mais sensíveis à evolução das tecnologias. As tecnologias de comunicação em mobilidade, as preocupações com o cibercrime e com o Big Data são vistas como fatores-chave do papel do CFTO.


*Artigo do IDG News Service/UK retirado do portal CIO.

*Crédito da imagem: Wix.

#cfto #tiefinanças #tendências #líderes

Posts em destaque
Posts recentes
Pesquisa por tags