Imagem da TI está em risco.

Em muitas empresas a imagem da TI está arranhada e deve ser recuperada para que profissionais de TI possam criar valor para os negócios. Esta é a mensagem deixada por William Murphy, na palestra “A TI é relevante?”, realizada durante a conferência Interop, em Nova York.

No pior dos casos, a organização de tecnologia da informação é vista como “defensiva, atrasada, desinformada, inútil, um mal necessário”, e um grupo “que faz suas próprias coisas”, disse Murphy. “A percepção negativa [da TI] pela empresa fere a todos nós.”

Infelizmente, excluir a TI no início de projetos geralmente cria uma infraestrutura ineficiente e custosa que a TI terá que apoiar de qualquer maneira, afirmou Murphy. ”Isso não é culpa do negócio. É culpa nossa. Precisamos mudar essa imagem para que a empresa nos procure primeiro para buscar soluções, não por último.”


Nos últimos anos, os CIOs e CTOs foram principalmente técnicos que sabiam como gerenciar os riscos e implementar processos de gestão de tecnologia. Hoje, líderes de tecnologia ainda precisam fazer essas coisas, mas também precisam ser “uma pessoa de vendas, gerente de relacionamento, analista financeiro, mentor e recrutador e criador de cultura”, pontuou. “Os dias em que você ainda podia ignorar o ROI se foram. Se você fizer isso, você vai ser deixado de fora e todas as decisões serão tomadas sem você”, acrescentando que “quando as pessoas dizem que precisam verificar com os negócios, você deve acuar. Somos parte do negócio.”


No entanto, ser capaz de calcular os custos de TI e um ROI é apenas uma parte das habilidades que um líder de tecnologia precisa. Eles também precisam conhecer detalhes específicos. “Seja curioso. Você precisa conhecer e entender mais sobre o negócio” tanto quanto seus usuários, enfatiza.


É importante saber como o negócio funciona, pois muitas vezes os usuários não sabem o que precisam. “Henry Ford disse: se eu perguntasse aos meus clientes o que eles queriam, eles teriam dito um cavalo mais rápido”, acrescenta. “Hoje, a maioria dos departamentos de TI estão ocupados construindo cavalos mais rápidos. Eles não estão construindo novas ferramentas para resolver os problemas do usuário. Os usuários não sabem o que querem”, afirmando que profissionais de tecnologia precisam oferecer valor ajudando os usuários a descobrir o que a tecnologia pode fazer pelo negócio.


“Toda tendência no mundo de hoje… a globalização, mobilidade, educação, big data… cada uma delas é impulsionada pela tecnologia”, concluiu Murphy. “O objetivo deve ser como criar uma parceria para que o futuro da empresa seja executado. Não há melhor maneira de se manter relevante do que fazer isso. ”


*Artigo de Greg MacSweeney para o portal InformationWeek Brasil.

*Crédito da imagem: Wix.

#reputação #riscos #ti

Posts em destaque
Posts recentes
Pesquisa por tags
Nenhum tag.
Compartilhe
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • LinkedIn App Icon

+ 55 41 3512-5825

  • c-facebook
  • c-twitter
  • c-linkedin